36% dos comissionados da prefeitura de Curitiba são filiados a partidos políticos

Everton Bressan / SMCS

Dos 504 servidores que ocupam cargos de livre nomeação na prefeitura de Curitiba, 185 são filiados a partidos políticos. A maior parte destes servidores, 89, é ligada ao Partido Democrático Trabalhista (PDT), a mesma agremiação do prefeito Gustavo Fruet. Os outros dois partidos que compuseram a chapa de Fruet nas eleições municipais de 2012, PT e PV, têm 27 e 13 filiados nomeados na administração municipal, respectivamente.

Curiosamente, o PSDB, partido integrante da chapa do então candidato a prefeito Luciano Ducci, tem 14 de seus integrantes na administração Fruet; mais que o Partido Verde, integrante da base de apoio ao prefeito.

Outros partidos que disputaram a eleição contra Gustavo Fruet também têm filiados integrando o quadro de servidores nomeados do Executivo. Entre eles, estão PMDB, PPS, PSB, PSD e DEM.

Este levantamento foi feito pelo Livre.jor por meio do cruzamento da base de dados de filiados a partidos políticos, disponibilizada pelo Tribunal Superior Eleitoral, e a relação dos servidores municipais publicada pela Prefeitura de Curitiba. Como a única informação comum entre os dois relatórios é o nome do cidadão, existe a possibilidade de haver homônimos. Portanto, há que se considerar a hipótese de este número ser levemente superior ou inferior.

Lotações

40% destes servidores estão lotados na Secretaria do Governo Municipal (SGM), o coração da política no Poder Executivo. O papel desta pasta é assessorar o Poder Executivo Municipal na sua representação junto às autoridades, comunidade e demais esferas; articular as ações governamentais; e coordenar as administrações regionais.

Em seguida, o Gabinete do Prefeito é a segunda estrutura do Executivo onde mais aparecem servidores ligados a partidos políticos. São 18, 11 deles ligados ao PDT e o restante de outros partidos, como PT, PSD, PSDB e DEM

Cargos

A maior parte destes servidores está enquadrado nos cargos de Gestor Municipal I, II ou III. Com salários que variam de R$ 4.511,50 a 9.023,00, esta função abriga 40% dos servidores municipais filiados a algum partido político.

Neste grupo, há 52 servidores ocupando cargos de alto escalão, como secretário municipal, diretor, superintendente, entre outros, que recebem mensalmente valores superiores a R$ 14 mil.

Situação em Brasília

De acordo com dados apresentados pelo jornalista Fernando Rodrigues no último dia 01 de outubro, apenas 13% dos ocupantes de cargos comissionados na administração pública federal eram filiados em 2013 a partido político. A apuração destes dados é do repórter do UOL André Shalders e foi feita com base no estudo “Evolução e perfil dos nomeados para cargos de Direção e Assessoramento Superior (DAS) da administração pública federal”, do IPEA.

Governo do Paraná

Como o governo estadual divulga em formato fechado a lista de servidores e não esclarece qual o tipo de vínculo de cada um com a admnistração, esta análise fica inviável. Entretanto, com a Lei de Acesso à informação embaixo do braço, protocolamos o pedido de informação 45726/2015, que solicita a relação de ocupantes de cargo em comissão no governo estadual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − nove =