A experiência na Unibrasil vai nos ajudar a bolar uma oficina de jornalismo

Na última quinta-feira (22), participamos das atividades do curso de Jornalismo da Unibrasil no Evinci 2015 – o evento de iniciação científica da instituição, aberto à comunidade. O desafio proposto pela jornalista Maura Martins, que coordena a graduação, era usar 90 minutos para despertar o interesse dos estudantes em jornalismo de dados. A equipe do Livre.jor é valente, não foge da raia, e pela primeira vez experimentou “ensinar” o jeito de fazer desenvolvido nesses dois anos de atividade para uma sala cheia – não estou mentindo, as fotos comprovam.

Nem tudo correu como calculamos e acabamos a oficina sem uma notícia sobre o perigo, ou não, de se andar de bicicleta em Curitiba. Perigo? Sim, isso mesmo. Mostramos para eles a base de dados do Datasus, raspamos várias informações sobre morte de ciclistas no Brasil, depois no Paraná e em Curitiba; compartilhamos em primeira mão resposta a pedido de informações da prefeitura a respeito disso e de outros acidentes de trânsito, mais uns dados extraídos de relatório do Departamento Nacional de Trânsito, o Denatran. Exageramos, resumindo.

Isso que ainda “limpamos” parte dos números, para sobrar o essencial, e tentamos interpretar o que eles diziam. A ideia era tirar notícia dali na hora e já publicar na internet. Faltou tempo. E deu para perceber o leve desespero que tomou conta de alguns daqueles jovens, ao ver uma tabela dinâmica fazendo mágica. De qualquer forma, vamos aproveitar o esforço para produzir uma série a respeito do assunto, se é ou não perigoso andar de bicicleta em Curitiba.

E, Maura, esperamos que os alunos embarquem nessa viagem, pois entregamos a todos eles um CD com dezenas de manuais de jornalismo, cujos PDFs colecionamos da internet; um arquivo indexador de RSS (para eles lerem notícias de um jeito inteiramente novo); cópias de todos dados que juntamos; e a apresentação eletrônica elaborada pela equipe – que contém uma lista com os bancos de dados mais utilizados por nós, nas notícias que fazemos.

Fica aqui o nosso agradecimento à Unibrasil pela oportunidade. Vamos aproveitar a experiência para formular um curso de introdução ao tema, desses para perder o medo de andar de montanha-russa, ops!, quer dizer, raspar, limpar, interpretar e publicar notícias sobre dados.  Notícias em breve, garantimos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 2 =