Assembleia do PR exonera comissionada suspeita de integrar quadrilha

A Comissão Executiva da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) publicou nesta segunda-feira (23) ato de exoneração da funcionária comissionada Eliana Benedita Correa. Suspeita de integrar uma quadrilha que explodia caixas eletrônicos e atacava carros-fortes, Eliana ocupava cargo de confiança, com salário de cerca de R$ 14 mil bruto, junto à Comissão de Ecologia, Meio Ambiente e Proteção aos Animais.

A ex-funcionária da Alep é uma das cinco pessoas presas pelo Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) da Polícia Civil na última sexta-feira (20) em ação para comprimento de mandados contra a quadrilha.

Eliana foi nomeada para o cargo na Comissão de Meio Ambiente em maio de 2017. Antes disso, a comissionada chegou a ocupar cargo junto à administração da Casa e no gabinete do deputado estadual Luiz Claudio Romanelli (PSB).

A exoneração é o único ato do Diário Oficial da Assembleia desse dia. A decisão foi assinada pela Comissão Executiva nesta segunda-feira (23), com a Casa fechada durante o luto oficial decretado pela morte do deputado Bernardo Carli. Clique aqui e confira a publicação da imprensa oficial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + 18 =