Câmara vai pagar R$ 51 mil em drones para reforçar policiamento em manifestações

https://www.pcmag.com/

A Câmara dos Deputados está disposta a pagar até R$ 51 mil para comprar dois drones e acessórios para fazer gravações externas e internas da casa legislativa, e para “reforçar os sistemas de monitoramento eletrônico e de antecipar ações de policiamento em dia de grandes eventos na área do Congresso Nacional e adjacências”. Cada aeronave pode custar até R$ 11,5 mil aos cofres públicos.

Para garantir que os fornecedores entendam a necessidade do real funcionamento do produto, consta no edital como requisitos obrigatórios para o equipamento que ela tenha a capacidade de “realizar voos nos arredores da Câmara dos Deputados”. Além disso, o edital da casa de leis aponta ainda que os drones devem ter ao menos quatro motores independente, e que sejam munidos de bateria que permita um voo total de ao menos “25 minutos, inclusive com a alimentação do equipamento de captura de imagens”.

Consta ainda no documento que o drone deve ter luzes indicativas do status de funcionamento, além de apresentar a capacidade de “realizar acompanhamento de pessoas ou objetos móveis a partir de definição pelo operador no controle de comando”.

Além das aeronaves, a Câmara ainda pode gastar até R$ 4,3 mil em aparelhos celulares para controle e filmagem, jogo de hélices, dois carregadores de bateria, dez baterias adicionais e cartões de memória. Clique aqui e confira o edital no site da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 1 =