Com colaboração do Livre.jor, maior banco de pedidos de acesso à informação será lançado na sexta-feira

Na próxima sexta-feira (10), às 9h30, será lançado o site Achados e Pedidos, maior banco on-line de pedidos de acesso a informações e respostas de órgãos públicos do país. O projeto é uma iniciativa da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) e da Transparência Brasil.

Para construir a base de pedidos e respostas com base na Lei de Acesso à Informação (LAI), as duas instituições recorreram a parceiros que trabalham com informação pública, entre eles o Livre.jor, grupo de jornalistas curitibanos que desde 2014 trabalha com jornalismo a partir de dados públicos.

As informações cadastradas pelo Livre.jor no banco Achados e Perdidos foram obtidas durante a campanha #365pedidosdeinformação, que fez um pedido por dia a órgãos públicos com base na LAI. No projeto, o Livre.jor contribuiu com pedidos feitos à prefeitura de Curitiba e ao governo do Paraná.

Além do Livre.jor, Ação Educativa, Aos Fatos, Lupa, E aí, vereador?, Artigo 19, Fiquem Sabendo, Open Knowledge Brasil e Instituto Sou da Paz também colaboraram com a iniciativa.

O site, cujo desenvolvimento foi financiado pela Fundação Ford (o trabalho do Livre.jor não foi remunerado), contará com a participação dos próprios usuários para aumentar sua base de informações. Depois de fazer um cadastro simples e gratuito, qualquer pessoa poderá enviar o pedido que fez e o resultado que obteve, caso tenha sido respondido.

As informações na base de dados do Achados e Pedidos comporão ainda uma visão geral do funcionamento da Lei de Acesso a Informações no país: quais órgãos públicos respondem, quais não respondem, comparações regionais etc. O site já inicia suas atividades com 23.471 pedidos cadastrados.

A apresentação do site acontecerá durante o seminário gratuito “Acesso à Informação e Controle Social”, no auditório da FGV Direito SP (R. Rocha, 233 – São Paulo – SP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + 11 =