Contrato para coffee break da Sanepar em Cascavel custará até R$ 96 mil

O fornecimento de coffee break para treinamentos e eventos das unidades da Sanepar em Cascavel podem custar até R$ 96 mil aos cofres da estatal. O valor é resultado da licitação realizada pela empresa para a realização do serviço por um ano. De acordo com o documento do edital, a empresa pode contratar até sete mil refeições, que podem custar cerca de R$ 14 a unidade. A homologação do processo foi realizada no início do mês.

De acordo com o edital da licitação, o coffee break será servido nos intervalos de eventos na empresa, “sendo um instrumento para reposição das energias, como estímulo à concentração, favorecendo a disposição e o relaxamento físico”. O vencedor do lote foi a Luv Alimentação, que arrematou a licitação por R$ 96 mil. No leilão, os lances chegaram a R$ 500 mil pelo fornecimento do coffee break.

Pelo contrato, a empresa deve fornecer não apenas os alimentos, mas também os talheres e demais utensílios para servir os alimentos do coffee break, bem como copos descartáveis, guardanapos, garrafas térmicas, bandejas, dentre outros materiais.

Ainda de acordo com o edital, é condição obrigatória que os representantes da empresa que fornecerá os serviços de coffee break estejam uniformizados “com jalecos, crachás de identificação e nome da empresa”. Caso isso não seja cumprido, o documento da licitação aponta que o descumprimento da regra “implicará em rescisão do contrato licitatório e chamamento da próxima empresa classificada”.

A base de cálculo de alimento para cada refeição, segundo o edital, é de 400 gramas por pessoas, com proporção mínima de quatro salgados e três doces por pessoa, além de 200 ml de café adoçado com leite e mais 200 ml de suco natural.

No cardápio indicado para os salgados, a Sanepar pede que a empresa forneça, dentre outros itens, mini-sanduíches de baguete com recheios de salaminho, queijo branco e presunto com queijo; pão de queijo, mini-pastéis, folhados e rocamboles frios. Já para os doces, a empresa deve fornecer nega maluca, cuque, rocamboles, mini-tortas, folhados de creme com coco e doce de leite, dentre outros.

Em Londrina, contrato similar pode chegar a R$ 61 mil – Além deste edital, outra outra licitação realizada recentemente pela Sanepar também prevê serviço de fornecimento de coffee break, desta vez para Londrina. A licitação, no entanto, ainda está em julgamento.

O valor arrematado pela empresa Rick Salgados e Pastéis foi de R$ 10 por refeição, sendo que o edital previa a contratação de até 6.175 refeições, o que resulta em um total anual de até R$ 61,7 mil pelo contrato todo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 4 =