Diretoria da Sanepar pode aprovar aumento no valor global da própria remuneração acima da inflação

Conselheiros e administradores da Sanepar votarão no próximo dia 27 de abril reajuste de 8,3% no valor global anual da própria remuneração. O percentual é quase o dobro do INPC acumulado nos últimos 12 meses, de 4,57%, mesmo índice historicamente utilizado pela estatal para reajuste dos próprios funcionários.

A proposta da direção representa um aumento de R$ 1,1 milhão no montante destinado à remuneração dos dirigentes da Sanepar em 2016. A votação do aumento do valor global será na assembleia geral ordinária da empresa. Tal como na Copel, que também votará aumento do valor global de remuneração dos administradores, o Livre.jor solicitou via Lei de Acesso à Informação (LAI) que a Sanepar se manifeste sobre a justificativa do percentual e destinação nominal das remunerações.

Se aprovada a proposta, o valor anual passará de R$ 13,05 milhões para R$ 14,1 milhões. O montante é utilizado para pagamento de salários e encargos sociais da diretoria, conselheiros de administração e conselheiros fiscais da Sanepar.

De acordo com o documento de proposta, dos R$ 14 milhões, a maior parte, pouco mais de R$ 6,8 milhões, será para pagamento de remuneração dos diretores da empresa; R$ 5,2 milhões serão para encargos e R$ 2,08 para pagamento de remuneração dos conselheiros.

Com a proposta deste ano, a variação desde 2012 representa um aumento no valor global de remuneração de aproximadamente 80%. Há seis anos, o montante aprovado em assembleia da Sanepar para a mesma destinação foi de R$ 7,8 milhões, pouco mais de R$ 6,2 milhões a menos do que é proposto para este ano.

Aumento será votado no mesmo mês em que a Agepar aprovou reajuste de 25% na tarifa para oito anos – no último dia 12 de abril, o conselho diretor da Agência Reguladora do Paraná (Agepar) definiu pela aprovação da proposta de reajusta de 25,63% na tarifa de saneamento para os próximos oito anos. A ata com os posicionamentos está disponível no site da Agepar.

Ainda neste ano, segundo fato relevante publicado pela Sanepar no dia 12, a tarifa de saneamento será reajustada em 8,53%. O restante, de acordo com o documento da estatal, será aplicado “de forma linear 2,11% (dois vírgula onze por cento) corrigidos pela SELIC, a ser aplicado concomitantemente ao reajuste anual”. Leia mais aqui no site do Livre.jor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + 13 =