R$ 95 mil em poltronas para a Assembleia; R$ 22 mil em CDs pro Senado

Pedro de Oliveira/Alep

Nesta edição das #ComprasDaSemana, além dos deputados estaduais renovando os sofás, poltronas e cadeiras por até R$ 95 mil, e mais um registro de preço para gastos de até R$ 70 mil em sinalização, tem a Copel admitindo que o patrocínio  da empresa às folias de carnaval é só para captar potenciais clientes. De quebra, o Senado gastando 22 mil em CDs graváveis – decerto ficaram receosos de investir a grana em pendrives.

Sofás, poltronas e cadeiras – A Assembleia legislativa do Paraná (Alep) lançou edital para compra de sofás, poltronas e cadeiras com valor que pode chegar a R$ 95 mil anual. A indicação do trâmite de compra foi publicado no Diário Oficial da Assembleia com data desta terça-feira (21).

O documento não especifica a quantidade de cada equipamento que pode ser comprado pela casa de leis, mas aponta o valor de teto de cada um dos itens selecionados.

São 17 produtos que integram o edital, que prevê a compra de poltrona tipo presidente em couríssimo” ao custo unitário de até R$ 1.895, e “poltrona interlocutor modelo diretor” ao custo de até R$ 1.531. Atenção no edital para a obrigação de o assento “possuir borda frontal arredondada, a fim de evitar o estrangulamento da corrente sanguínea das pernas do usuário”.

O item com o maior valor unitário é um sofá com três lugares e com “pés cromados e em couro natural”, cuja indicação de teto é de R$ 4.359 mil. Na justificativa, a Assembleia afirma que “necessita de novos móveis para guarnecer as dependências desta Casa de Leis e anexos”. Confira a íntegra do edital no site da Transparência da Alep

Para melhorar o “visual” na Alep – Ainda nas licitações da casa de leis do Paraná, nos deparamos com um edital com valor máximo de R$ 70 mil para registro de preços para “eventual aquisição, confecção e instalação de sinalização”. Nas especificações dos produtos estão listados vários materiais de identidade como adesivos, totens, letras caixas e placas.

Os preços unitários variam de R$ 38 para uma placa “pictograma” (como as usadas para indicar sanitários) de 15 centímetros por 18 centímetros a R$ 4.845 em um totem com estrutura metálica e com letras em galvanizado medindo 6 metros de altura com 1,7 metros de largura com fixação no chão. A justificativa da compra? Segundo o edital da Alep, é para “manter a padronização da identificação visual desta Assembleia Legislativa”. Confira a integra do edital no portal da transparência da Alep.

Apoio de R$ 150 da Copel ao carnaval de Guaratuba – Na coluna anterior do #ComprasDaSemana abordamos algumas licitações e doações para as folias de carnaval. Lembram? Uma delas era de R$ 150 mil da Copel Telecom referente ao “patrocínio ao evento Carnaval de Guaratuba”, valor repassado ao “Recanto Casa da Mata Promoções e Eventos Ltda”. Pedimos a justificativa via LAI e recebemos.

Na resposta da estatal, a empresa aponta que “apoio da Copel Telecom ao evento justifica-se face proporcionar boa exposição de sua marca, especialmente em razão da característica dos participantes, clientes em potencial à Companhia”.

Já sobre a escolha do carnaval como espaço para apoio financeiro, a estatal aponta que o “evento constitui-se em um evento altamente qualificado e ideal para a promoção de marca frente ao público consumidor em potencial de produtos da Copel Telecom, somado ao perfil dos participantes do evento, residentes do município de Guaratuba”. Clique aqui e baixe o documento enviado ao Livre.jor com a justificativa do apoio financeiro ao carnaval.

Senado pode comprar DVD-RW ao custo de até R$ 4,40 a unidade – serão cinco mil mídias para gravação com capacidade de 4,7 GB de armazenamento. É o que especifica o edital 38/2017 do Senado Federal para a aquisição de DVD-RW Slim, cujo custo total poderá chegar a R$ 22 mil para o lote. Na internet, o produto com as mesmas especificações pode ser encontrado ao custo até 30% menor, com capa acrílica e fornecimento individual e a mesma capacidade de até 120 minutos ou 4,7 gb.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × quatro =