Edital do governo prevê gasto de R$ 53 mil em flores, rosas importadas e orquídeas

Quantos arranjos de rosas importadas, orquídeas, coroas de flores e vasos de lírio, gérbera, lisianto, cravo e boca de leão daria para comprar com R$ 53.426, 34? Segundo edital lançado pela Casa Civil para compra das plantas, serão 322 unidades. O custo unitário máximo varia de R$ 68,33 para um vaso de 15 centímetros de diâmetro de poinsétia, ou espírito santo vermelho, a R$ 1.066,67 para uma coroa grande de flores frescas.

A indicação da licitação foi publicado no Diário Oficial da Indústria desta quarta-feira (16). Clique aqui e confira a publicação. De acordo com o edital, a licitação para “aquisição de flores e arranjos” atende a “necessidade da Coordenadoria do Cerimonial e Relações Internacionais da Casa Civil para decoração de ambientes internos e solenidades que requerem um marco decorativo diferenciado, ainda que discreto”.

As flores servirão para as cerimônias da “agenda de eventos do Gabinete do Governador, bem como da residência Oficial Granja do Canguiri”. Veja no quadro abaixo os tipos de itens, quantidades e valores máximos indicados no edital.

Exige-se que as plantas não contenham substâncias perigosas “em concentração acima a recomendada”. Ou seja, que a presença de elementos como mercúrio (Hg), chumbo (Pb), cromo hexavalente (Cr(VI)), cádmio (Cd), bifenil-polibromados (PBBs), éteres difenil-polibromados (PBDEs) não ultrapasse o indicado na diretiva RoHS (Restriction of Certain Hazardous Substances).

Com essa abrimos uma edição breve do #ComprasDaSemana com dois editais. Veja abaixo outra licitação compilada dos diários oficiais e sites de transparência pelo Livre.jor.

Troca de cortinas no Colégio Estadual pode custar R$ 120 mil – pela necessidade de “proporcionar melhores condições de controle da luminosidade” nas salas e setores pedagógicos, além de “auxiliar na conservação de documentos, móveis e equipamentos” do Colégio Estadual do Paraná (CEP), a Secretaria de Educação (Seed) lançou edital de até R$ 120.165,75 para “aquisição de cortinas sob medida”.

Segundo o edital, serão 1.682m² de tecido blackout, com cor ainda a ser definida. A metragem é suficiente para cobrir as áreas das praças Oswaldo Cruz (15.850 m²) e do Expedicionário (900 m²) juntas. Além do tecido, a compra também prevê 630 metros de trilho de alumínio. Confira o edital completo e andamento do processo no site de compras do governo estadual clicando aqui.

#comprasdasemana – Seguimos a empreitada, aqui no Livre.jor – totalmente inspirada pelo Contas Abertas – de vasculhar editais e diários oficiais para registro das compras mais inusitadas, despropositadas e divertidas dos poderes públicos paranaenses. Ressaltamos que não há aqui qualquer apontamento ou indicação de suspeita de irregularidade nestes gastos, apenas resolvemos agrupar as compras pitorescas, que se destacam nas páginas dos editais públicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove − 4 =