Dez carros novos podem custar R$ 1,1 milhão ao TCE do Paraná

Para renovar um terço da sua frota oficial o Tribunal de Contas do Estado do Paraná publicou edital que prevê gasto de até R$ 1,1 milhão. Serão comprados dez  veículos no certame. Destes, nove são carros de porte médio e um é veículo tipo SUV. O leilão será no dia 14 de dezembro.

De acordo com as especificações do edital, os veículos tipo Sedan deverão atender, dentre outras obrigatoriedades, bancos revestidos em couro, computador de bordo e interface bluetooth. O custo de cada veículo pode chegar a R$ 105 mil.

Já o veículo SUV deve atender dentre suas especificações bancos de couro, câmera traseira para manobra, tela de sete polegadas e navegador GPS. O custo do veículo pode alcançar a soma de R$ 187 mil.

A renovação parcial da frota, justifica o TCE, promoverá a “diminuição dos gastos com manutenções veiculares, menores custos com contratação de seguros automotivos além de proporcionar maior segurança nos deslocamentos realizados pelos servidores no cumprimento das atribuições de competência deste TCE”.

TCE usará frota antiga como parte do pagamento – cerca de R$ 420 mil do total da compra a ser feita pelo tribunal será paga com veículos da atual frota do órgão. Segundo o documento do edital, como parte do pagamento dos veículos Sedans, o TCE repassará à empresa vencedora da licitação 11 veículos modelo Spacefox, avaliados em R$ 27 mil cada, além de um veículo modelo Fiat Linea avaliado em R$ 25 mil. O total do lote de carros usados é estimado em R$ 323 mil.

Já na compra do veículo SUV, o TCE dará como parte do pagamento um veículo da marca Hilux modelo SW4, avaliado em R$ 99,2 mil. Caso o leilão atenda o valor máximo do edital, na prática o TCE terá que arcar com R$ 713 mil, além dos carros usados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + um =