Eleições: 29% dos candidatos a deputado estadual declararam zero de patrimônio

Sandro Nascimento/Alep

Cerca de 220 dos 763 candidatos a uma das 54 vagas da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) declararam ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ter patrimônio zero. O número equivale a pouco mais de 29% dos candidatos a deputado estadual nesta eleição.

Na outra ponta, 80 candidatos que declararam patrimônio maior de R$ 1 milhão concentram cerca de 65% dos R$ 335 milhões declarados por todos os candidatos à Alep. Somados, o patrimônio dos 80 candidatos soma R$ 217 milhões.

Cinco dos dez candidatos com maior patrimônios são deputados que buscam reeleição. Dentre eles, Jonas Guimarães (PSB) é o que declarou ter o maior patrimônio dentre os candidatos, de R$ 12,5 milhões.

Na sequência, dentre os deputados que querem permanecer no legislativo, está Artagão Júnior com R$ 7,2 milhões; Plauto Miró, com R$ 6,3 milhões; Nelson Luersen, com R$ 5,5 milhões; e Wilson Quinteiro, com R$ 4,9 milhões.

O menor patrimônio declarado foi de R$ 1,11. Se pegássemos o total de R$ 335 milhões declarados pelos candidatos e dividíssemos por todos os que afirmaram ter ao menos um real de patrimônio, a média patrimonial seria de R$ 620 mil. Se a quantia total fosse dividida entre todos os candidatos, inclusive os que declararam zero de patrimônio, a média seria de R$ 439 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + 4 =