Governo do PR triplicou gasto com propaganda na internet em 2016

Dos R$ 131 milhões que o Governo do Paraná gastou com propaganda em 2016, R$ 5,58 milhões foram para divulgação na internet e nas redes sociais. No ano anterior, apenas R$ 1,46 milhão, um montante 3,8 vezes inferior, tinha sido gasto nessa rubrica. Os dados somam despesas da administração direta e indireta, divulgados em relatórios publicados nas edições 9.671 e 9.898 do Diário Oficial do Estado.

Com TV (R$ 50 mi), rádio (R$ 21 mi) e jornais (R$ 17,4 mi) ainda respondendo pela maior parcela dos gastos com propaganda, o aumento na divulgação do Governo do Paraná é curioso pelo protagonismo do Fundo para a Infância e Adolescência (FIA) e do Fundo Estadual de Saúde (Funsaúde) na despesa. Se os dados divulgados estiverem corretos – e o governo errou 44 vezes no relatório do ano passado, é bom lembrar – o Funsaúde gastou mais com redes sociais que a Copel, R$ 630 mil ante R$ 425,5 mil.

No gasto direto com internet, se o Funsaúde gastou R$ 163 mil, atrás de Detran, Copel e Secretaria de Comunicação, foi o FIA que surpreendeu dispendendo R$ 1,23 milhão com divulgação na rede de computadores. Olhando os números por órgão de 2015 e 2016, até que o Funsaúde gastou menos com propaganda, reduzindo a despesa de R$ 5,2 milhão para R$ 4,9 milhão. Contudo, o FIA subiu de apenas R$ 196 mil em 2015 para R$ 8,89 milhões em 2016. Para ambos os casos, fizemos pedidos de informação oficial ao Governo do Paraná, requerendo detalhes desses gastos e o planejamento que embasou a despesa.

Também solicitamos acesso às pesquisas de opinião pagas com dinheiro público, explicações sobre a rubrica “URA”, que apareceu no relatório de 2016, e o gasto por veículo de imprensa dentro de cada um dos 20 tipos de gasto com divulgação. Quer comparar esses dados com os de 2015? Clique aqui.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + 18 =