Governo gastou R$ 44 milhões no cartão corporativo desde 2012

Em cinco anos e meio o governo paranaense usou cartão corporativo para pagar R$ 44 milhões em bens e serviços. Nos seis últimos anos, o maior registro foi em 2013, cujos gastos contabilizaram mais de R$ 11 milhões. Os dados foram enviados pelo governo ao Livre.jor via LAI.

O uso do cartão na “administração pública estadual direta e autárquica” foi regulamentado em 2001, durante o governo de Jaime Lerner (DEM), pelo decreto 3450/01 como “meio de pagamento na efetivação da aquisição de bens e serviços”.

Além do decreto outras previsões regulam o uso do cartão sobretudo para custeio de viagens e deslocamento, que corresponde a maior parte do uso do tipo de pagamento eletrônico. Na média, o governo gastou no período cerca de R$ 3,7 milhões com meio de transporte, que corresponde a gastos com passagens aéreas, reembolsos, transporte rodoviário e outros. O gasto total com a rubrica desde 2012 corresponde a 51% da verba com cartão, ou seja, R$ 22,5 milhões.

Gastos com hospedagem e alimentação vem na sequência entre as rubricas em que mais foram usados os cartões. Na média dos cinco anos e meios, foram gastos R$ 2,89 milhões por ano. Ao longo do período, foram R$ 17,3 milhões, o equivalente a 39% do total. Só com hospedagem e alimentação da comitiva do governador foi R$ 309 mil durante o período.

Dentre os órgãos e secretarias que usaram os cartões ao longo do período analisado, a secretaria de segurança pública (somatória de PC, PM, Bombeiros e a Secretaria) foi a com maior valor médio de uso, de R$ 538 mil por ano, ou seja, R$ 3,2 milhões em cinco anos e meio.

No entanto, se reduzirmos o tempo de análise para os gastos registrados desde janeiro de 2016 até junho de 2017, quem assume a liderança é a secretaria de saúde, cujos gastos com cartão aparecem apenas a partir do ano passado. Em um ano e meio a pasta usou cartão corporativo para pagamento de R$ 1,4 milhão em contas, 43% mais que a Sesp. Na média, a Sesa gastou com o cartão R$ 79 mil ao mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + treze =