Governo pode gastar R$ 1,7 milhão em serviços de chaveiro

Para fechar a série #ComprasDaSemana de 2016, nada melhor que uma licitação de R$ 1,7 milhão para serviços de chaveiro. O edital é da Secretaria de Administração do Paraná, e busca a contratação do serviço para atender a administração direta apenas em Curitiba por doze meses.

Está prevista na licitação a aquisição de cerca de 5 mil cópias de chave tetra, 7 mil cópias de chave simples, mil cópias de chave e mil cilindros tipo gorge, cerca de quatro mil aberturas de portas, dentre outros serviços e produtos. O edital consta no Diário Oficial da Indústria da última segunda-feira (19).

diário_chaves

Confira abaixo mais alguns editais na última #ComprasDaSemana do ano. Não custa lembrar que não há aqui qualquer apontamento ou indicação de suspeita de irregularidade nestes gastos, apenas resolvemos agrupar as compras pitorescas, que se destacam nas páginas dos editais públicos.

Cerca de R$ 78 mil em película solar para APPA – a Administração dos Portos do Paraná gastará R$ 78.260,00 para aquisição e instalação de “película solar refletiva, nas janelas das dependências da nova edificação, que abrigará a Base de Prontidão e as Novas Portarias”. Este já é o valor de contrato, cujo extrato foi publicado no Diário Oficial da Indústria desta quarta-feira (21). O valor do edital foi de R$ 102 mil para a aquisição e aplicação de 430 metros quadrados de película “refletiva para vidro plano simples ¼’’ transparente em janelas”.

Duas SUV por R$ 378 mil – o Ministério Público do Paraná comprará dois veículos tipo SUV por R$ 378.468,00, conforme extrato de termo de contrato publicado na edição n.º 9844 do Diário Oficial da Indústria. O valor é R$ 3,2 mais barato que o preço máximo do edital, de R$ 378.471,20. Com capacidade para sete pessoas, os veículos serão na cor branca. De fabricação nacional, conforme especificação do edital, os novos veículos do MP deverão ter banco do condutor com ajuste elétrico, computador de bordo, central multimídia, jogos de tapete em carpet, para-choques dianteiro e traseiros na cor do veículo.

TJ pretende gastar R$ 560 mil em eletrodomésticos e materiais de escritório – cerca de 1.500 produtos a um preço de edital de R$ 560 mil para “aquisição de bens móveis de natureza permanente (eletrodomésticos, eletroportáteis, fragmentadoras de papel e numeradores automáticos com placa de texto”. Estas são algumas das informações da licitação aberta pelo Tribunal de Justiça. De acordo com o edital, o TJ pretende comprar, dentre outros equipamentos, 50 frigobars a R$ 50 mil o lote, 17 refrigeradores ao custo máximo de R$ 22 mil, 80 micro-ondas ao custo de R$ 30 mil e 120 fogões elétricos e a gás por R$ 43 mil. O edital com todas as especificações e valores dos 17 lotes pode ser acessado pelo site da instituição,

Vídeos institucionais de R$ 420 mil – em edital publicado na edição Nº 9842 do Diário Oficial da Indústria, a Administração dos Portos quer gastar R$ 4290 mil na produção de vídeos institucionais para “divulgar a infraestrutura” portuária da empresa pública. A contratação contempla a idealização de roteiro, produção, captação de imagens (Inclusive Aéreas), em pequenas propriedades e documentos, locução, edição, computação gráfica e sonorização. Apesar de identificar como “vídeos”, no plural, o edital apenas indica a compra unitária da produção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + 13 =