#LivraLABeSolto: Pelo Senado, Richa deixa até a “cuíca”

E se o inquilino fosse embora e deixasse para trás, além de um estado para ser administrado…uma cuíca? Sim, uma cuíca. Um item patrimoniado, que é bem público e jaz, não se sabe para quais fins, na residência oficial do governo do Paraná. Que vale um orçamento bilionário e uma máquina pública na reta eleitoral, frente a uma cuíca “pública” com valor estimado em R$1,00? É claro que é um #LivreLABeSolto.

Sai Beto Richa (PSDB), mas fica a cuíca, um dos mais de 250 bens móveis pertencentes ao patrimônio do governo registrados na residência oficial na Granja do Canguiri, espaço de 27 mil metros quadrados em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

No espólio do governo, Cida Borghetti (PP), que assume o timão pelos próximos nove meses, recebe a guarda desse característico instrumento da boemia musical, que em terra dos pinheirais eternizou o nome do grande atleta e sambista, Maé da Cuíca. A dúvida que resta é se, na história recente e no futuro próximo do Canguiri, a cuíca chorou nas rixas e se silenciada ficará jogada aos barros e lameiros.

Enfim, no “testamento” da momentânea guarda do estado, a governadora recebe ainda, também na granja, a posse de um aparelho de fax, alta tecnologia na década de 1990. Pela estimativa de quem avalia o patrimônio, o fax vale 590 cuícas. Adiciona ao inventário quatro secadores de cabelos que valem, juntos, R$ 604.

E no Palácio, como fica? Aí a conta pode não ser vantajosa para Cida. Não ao menos se for pelos valores estimados de gabinete, claro. Isso porque, hoje, os bens móveis na sala da vice-governadoria estão avaliados em R$ 213 mil. E tem bastante coisas lá, como TV com DVD e até um liquidificador estimado em R$ 290,00.

No gabinete de governador, a avaliação cai para menos da metade, pouco mais de R$ 116 mil. E ó, não tem aparelho de DVD! Mas na outra ponta, tem um banheiro com “chuveiro ou ducha elétrica”. Sabe quanto é a estimativa? Segundo o avaliador do governo, R$ 419,00.

Não, a Mosca não chegou (ainda) a zumbir tão próximo do governo a ponto de abrir as portas do armário ou pousar as mãos na geladeira do poder e ver “o que temos para hoje”. Chegamos aos dados via portal da transparência mesmo. Nele, você consegue pesquisar os bens móveis do executivo estadual. Confira lá no site do governo. Veja quais são os itens na sala do chefe da casa civil, ou do secretário de cerimonial, dentre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 4 =