Livre.jor comemorou junto fim das restrições ao casamento civil nos EUA

Neste final de semana, a identidade visual do Livre.jor no Facebook estava colorida com as listras escolhidas por Mark Zuckeberg para festejar a legalização nos EUA da união civil entre pessoas do mesmo sexo – o “casamento gay” ou, num português mais direto, o fim das restrições ao casamento nos termos da lei.

A votação na Suprema Corte dos EUA foi apertada, 5 a 4. Dos 50 estados daquele país, apenas 13 ainda proibiam o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo. Lá a questão foi encarada positivamente por políticos, celebridades, marcas e veículos de imprensa – inclusive por Zuckeberg, e seu aplicativo para Facebook, o #celebratepride.

No Brasil, o Conselho Nacional de Justiça seguiu o exemplo. O Palácio do Planalto, a Prefeitura do Rio de Janeiro e o Ministério da Cultura também. O Grupo Bandeirantes, a Época, o Correio Braziliense idem. E o Livre.jor foi junto, levado pelos princípios expostos na sua política de conteúdo, de combater a discriminação.

As nossas próprias postagens geralmente têm 20 curtidas nativas, dadas ali na referência original – ainda existem aquelas dadas em compartilhamentos na internet afora. A logomarca listrada do Livre.jor teve 35 curtidas por enquanto. Apenas 7 delas são de pessoas que não são assinantes do conteúdo que produzimos.

 

, em adesão à campanha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 5 =