Livre.jor no Twitter: investigação nos Portos, gastos na Assembleia e na APD

Segue a lista com tudo que você perdeu em fevereiro por ainda não seguir o perfil do Livre.jor no Twitter (pra ver os documentos, é só clicar nos nas chamadas, que redireciona para a rede mundial de microblogs).

Pra ganhar folga dia 24/3, emendando sexta-feira, servidores do TJ-PR vão repor 1 hora a mais por dia em abril.

Serviços de Registro Mercantil ficarão 11,7% mais caros em abril. Novos preços da Junta Comercial do Paraná saíram no diário oficial.

O ex-deputado federal Angelo Vanhoni não é mais comissionado na Assembleia Legislativa, onde estava lotado no gabinete de Péricles de Mello.

Assembleia Legislativa do Paraná pretende fechar contrato de até R$ 150 mil para coquetéis e coffee-breaks…

… e mais R$ 150 mil com empresa para fornecimento de passagens aéreas e terrestres (nacional e internacional).

A Agência Paranaense de Desenvolvimento estima gastar até R$ 480 mil em um ano com viagens e receptivos.

A Narcóticos, da Polícia Civil, vai comprar uma câmera escondida – “dispositivo miniaturizado” – por R$ 96,9 mil.

Consultoria para gestão da frota? É o que o governo do Paraná cogita contratar, por obrigação do Banco Mundial.

Máquina que “assina pelo governador” agora irá validar títulos de domínio emitidos pelo Instituto de Terras, o ITCG.

Portos de Paranaguá e Antonina investigarão veículos que entraram no complexo, mas não descarregaram seus produtos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × quatro =