Na Conta do Deputado: em cinco meses, gastos com combustível e serviços técnicos ultrapassam R$ 2 milhões

Jonas Oliveira/ANPr

Cerca de 30% dos mais de R$ 7 milhões de verbas de ressarcimento utilizadas pelos deputados paranaenses neste ano foram para arcar custos de uso de combustíveis e com serviços técnicos especializados. Foram R$ 2,1 milhões com tais gastos distribuídos entre os 54 deputados.

Sem título-2

Os dados estão atualizados já com os gastos de maio, recém-publicado no portal da transparência da Alep, e também podem ser conferidos no observatório Na Conta do Deputado, com gráficos e listas comparativas do uso das verbas de ressarcimento nos cinco primeiros meses deste ano.

Gastos com verbas por mês - Janeiro a maio de 2016
Gastos com verbas por mês – Janeiro a maio de 2016

Em maio, o uso das verbas foi de R$ 1,5 milhão, dos quais 60% em combustíveis, locação de veículos, serviços de divulgação parlamentar, serviços gráficos e de fornecimento de alimentação.

Os itens das verbas de ressarcimento são das mais variadas rubricas e valores, que vão desde R$ 7 reais gastos com serviços de táxi até R$ 21.500 com serviços técnicos profissionais, isso com base nas informações de maio. Acesse o site do Na Conta do Deputado e confira os gastos de maio e dos outros meses deste ano.

Gastos de maio por item
Gastos de maio por item

E como posso acompanhar o uso desses recursos?

Basta acessar o hotsite do Na Conta do Deputado, e no menu Observatório conferir os gráficos com os recursos por deputado, por mês ou ainda por rubrica de gasto.

1

É muito fácil e você ainda pode comparar gastos por período ou ainda por parlamentar. Quer saber quanto um deputado foi ressarcido em um determinado mês por gastos com combustível? Clica no nome do deputado, no mês e pronto, você terá a sua informação do gasto total naquele período.

item_site_3

Como são vários os itens que podem ser ressarcidos, buscamos agrupar a série de conteúdos nos grupos: Geral – com a visão macro dos gastos, de quanto foi utilizado e qual os valores que ficaram para os próximos meses; Transporte – os custos com combustível, passagens e locações de veículos; Eventos e alimentação – ressarcimento com gastos em restaurantes e contratação de empresas para eventos; Comunicação – gastos com assinaturas de jornais e outros; Serviços e estadia – gastos com serviços técnicos especializados e custos de diárias de hotéis; e Infraestrutura – pagamento de melhorias de espaços, manutenção de gabinete entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + 19 =