Prefeitura de Curitiba dobrou gastos com publicidade em 2018

Em 2018, a prefeitura de Curitiba gastou R$ 24,6 milhões em propaganda institucionais e publicidade legal. No ano anterior foram R$ 11,3 milhões – um aumento de 117%. É o maior valor gasto com divulgação nos últimos seis anos segundo os dados obtidos pelo Livre.jor, que começam em 2013.

Dos R$ 24,6 milhões gastos com propaganda, apenas R$ 131 mil foram para a publicidade obrigatória por lei, que é a divulgação de editais, licitações e outros procedimentos burocráticos. A diferença foi para divulgação do governo.

Quando assumiu a prefeitura, em 2017, a equipe de Rafael Greca (PMN) administrou um orçamento elaborado pelo seu antecessor, Gustavo Fruet (PDT). O ano de 2018, no qual houve o aumento de 117%, foi o primeiro cujo planejamento foi integralmente feito pela gestão Greca.

Dentro do limite, diz a prefeitura
Procurada pela reportagem, a prefeitura de Curitiba disse que ela criou um limite para gastos com propaganda e publicidade de até 0,6% da Receita Corrente Líquida do município. Que a medida fez parte de um pacote de “medidas para gerenciamento da crise e de garantias de sustentabilidade das contas municipais” chamado oficialmente de Plano de Recuperação de Curitiba. “O gasto em 2018 ficou bem abaixo deste teto: 0,35%”, alega a prefeitura.

Com a retomada das contas e com o recebimento de recursos federais e estaduais, afirma em nota a prefeitura Curitiba, o município começou a ampliar a carteira de obras e de projetos, aumentando a demanda por medidas de comunicação.

“O contrato firmado com a Sanepar, por exemplo, para revisar o sistema de coleta de esgoto e despoluir o rio Belém, entre outras medidas, prevê a realização de campanhas educativas para os cuidados com a limpeza dos rios”, complementa o Executivo, justificando o crescimento dos gastos.

Segundo a prefeitura, a diferença entre os dois anos se deve, em parte, à redução com gasto em publicidade em 2017, início da atual gestão, em “função dos ajustes implementados em todas as áreas para gerenciar a grave crise fiscal encontrada no município”. O gasto dobrado um ano depois seria, segundo a assessoria, “já dentro de um cenário de maior normalidade das contas municipais”.

Confira quanto receberam os jornais de bairro
Acompanhando o crescimento da despesa com divulgação, os gastos com jornais e revistas impressos também dobrou em Curitiba de 2017 para 2018.  Clique aqui e confira a lista de veículos de imprensa e os valores gastos em publicidade em meios impressos nos dois anos.

Em 2017, a prefeitura de Curitiba gastou R$ 1.768.222,57 com a veiculação de campanhas e editais em jornais e revistas impressos. Em 2018, R$ 3.455.620,74.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × dois =