Now Reading
Promotoria do Meio Ambiente bateu recorde de investigações em 2019 no Paraná

Promotoria do Meio Ambiente bateu recorde de investigações em 2019 no Paraná

No primeiro ano das administrações Bolsonaro, na União, e Ratinho Júnior, no Paraná, a Promotoria de Meio Ambiente abriu 875 inquéritos civis no estado. A quantidade de investigações é 34% superior a de 2018 e 56% acima da média dos cinco anos anteriores. Os dados foram obtidos no Portal da Transparência do Ministério Público do Paraná (MP-PR).

Sozinhos, os números não bastam para estabelecer uma relação entre o momento político e a disparada na quantidade de inquéritos. Mas são um ponto de partida para a imprensa regional aprofundar a apuração, procurando a instituição. Para acessar o relatório com os inquéritos, clique aqui e, no campo Área Jurídica Tutelada, selecione Meio Ambiente.

Dos 875 inquéritos de 2019, 78 já resultaram no ajuizamento de ações ou no apensamento dos casos a outras medidas judiciais. O número é significativo, se for considerado que as investigações podem durar mais de um ano. Dos 652 inquéritos de 2018, 93 resultaram em medidas judiciais. Dos 474 de 2017, apenas 34.

See Also

O estoque de investigações da Promotoria do Meio Ambiente é de 1.873 casos, das quais 521 foram abertas no ano passado. A mais velha ainda em tramitação no MP-PR, nesta área, segundo o Portal da Transparência, é de 2008. Trata-se de suspeita de lançamento irregular de efluentes de uma fábrica de embutidos na região de Castro.