TJ-PR quer gastar até R$ 500 mil em “veículos de passeio” para diretoria

A compra de cinco carros de passeio tipo sedã para atender a demanda da diretoria do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) pode custar meio milhão de reais aos cofres do Estado. Cada um dos veículos pode chegar a pouco mais de R$ 99 mil, segundo a documentação da licitação. 

Os novos veículos, nacionais ou importados, devem ser na cor preta, ter kit multimídia completo, e película lateral. Pelo edital, justifica-se a compra pela “contínua necessidade de conduzir as mencionadas autoridades com segurança, conforto e agilidade, inclusive em viagens ao interior do Estado”.

Os novos carros vão substituir a frota que atende a diretoria. Segundo o documento da licitação, os carros atuais têm cinco anos de uso, não sendo mais “comercializados pelas respectivas marcas, possuem elevada quilometragem (em torno de 100 mil) e alcançaram percentual de manutenção elevado”.

Na atual frota da diretoria, o TJ-PR conta com quatro Ford Fusion, ano de fabricação de 2012, com quilometragem que varia entre 52 mil e 84 mil. Um Ômega ano 2011, com 95 mil de quilometragem, e uma Azera de 2011 com 111 mil quilômetros rodados. De acordo com o TJ, por estarem fora de linha os carros apresentam manutenção mais cara, o que “impacta significativamente nos valores gastos”. Confira o edital no site do TJ.

One comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × um =