Assembleia vai gastar R$ 384 mil em nova etapa de “modernização” do plenário

A compra de computadores, telas touch e leitores biométricos para “modernizar” a votação no plenário vai custar R$ 384 mil à Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). O valor, publicado no Diário Oficial, é resultado do pregão realizado pela casa para “a melhoria e modernização do sistema de gestão do plenário”. O lance vencedor foi 5% menor que o teto do edital, conforme divulgado pelo Livre.jor no #ComprasDaSemana.

Este é o terceiro pregão realizado pela Assembleia para atualizar o sistema de acompanhamento de votação no plenário. Antes disso, a casa de leis gastou R$ 246 mil em cabeamento de rede de dados do plenário e R$ 634 mil em um novo telão tipo VideoWall Multimídia, com mais de 30 telas de 46 polegadas.

Em junho de 2016, a Assembleia chegou a lançar edital de R$ 2,3 milhões para uma “solução completa” para acompanhamento de votos e projetos no plenário, mas a licitação foi cancelada. Em substituição, a Casa lançou novos editais para suprir a necessidade da Alep. Somados os valores dos contratos dos itens licitados até agora, o custo da “modernização” do sistema de gestão soma R$ 1,2 milhão.

No atual pregão, somado em R$ 384 mil, segundo especificações do edital a Assembleia arrematou 57 mini computadores com processadores de núcleo duplo, 3.0 GHz, e 8 GB de memória RAM; 57 monitores touch de LED ou LCD com variação de tamanho entre 15 e 16 polegadas; e 57 leitores biométricos com preço de até mil reais. Clique aqui para conferir o edital de licitação completo, e aqui no link o Diário Oficial com os valores finais do leilão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 + cinco =