R$ 66 mil ou R$ 59 mil? Prefeitura de Curitiba faz licitação “confusa’ para coffee break

A prefeitura de Curitiba publicou edital para contratação de café da manhã e coffee break para gabinete do prefeito, do vice-prefeito e do cerimonial. O preço máximo da licitação, no entanto, não bate. Em alguns pontos do documento de edital consta como R$ 59 mil, em outros como R$ 66 mil.

A licitação, para contrato de seis meses, prevê fornecimento de 1,9 mil refeições. O preço médio da refeição por pessoa pode variar de R$ 29 (caso o valham os R$ 59 mil para o teto da licitação) a R$ 33 (se o valor máximo da licitação for R$ 66 mil). Parece pouco, mas não é, certo?

Em comparação com o ano passado, o teto da atual licitação, seja R$ 59 mil ou R$ 66 mil, é menor para quantidade semelhante de refeições. Em 2017, o gasto poderia chegar a R$ 78 mil. Já no cardápio, a única diferença é a possibilidade de uma opção a mais de tipo de bolo em um dos quatro menus possíveis de refeição.

Os cardápios de café da manhã e coffee break preveem itens como caracóis de tomates secos, cupcake, carpaccio de frutas da estação, mini-sanduíches de broa, salame e queijo branco e folhados de ameixa com bacon.

À francesa e à inglesa

Além da entrega dos alimentos, o edital também especifica o tipo de serviços e utensílios que a empresa deverá deixar disponíveis para a Prefeitura. No café da manhã, por exemplo, as bebidas deverão ser “servidas à Francesa, ou seja, são servidas pela direita e garrafas não ficam sobre a mesa”.

Já nas refeições mais “bem servidas” o serviço deverá ser “à Inglesa, ou seja, os alimentos devem ser postos à mesa em pratos de porcelana brancas e servidos em bandejas em inox”.

Determina o edital da prefeitura que as louças devem ser “porcelana na cor branca, taças em vidro para suco, talheres de inox, em número e qualidade adequados para o perfeito atendimento do contratado”, e os cobre-manchas sobre as toalhas de mesa deverão ser “nas cores salmom, vinho ou ocre”.

Tem mais: o edital de licitação aponta ainda que em cada pedido de café da manhã, um funcionário responsável da Secretaria do Governo Municipal (SGM) irá recolher amostras dos alimentos e armazenar sob refrigeração por 24 horas, para “eventuais análises”.

Clique aqui e baixe o edital atualizado até o dia 9 de abril, ou acesso o site da prefeitura de Curitiba e confira a íntegra do documento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + 14 =