Copel vai pagar acionistas em dobro na véspera do Ano-Novo

Se não feliz, ao menos com alguns milhares a mais na conta. É assim que 2018 começará para os acionistas da Copel (Companhia Paranaense de Energia), que vai depositar no dia 28 de dezembro mais de R$ 223 milhões de dividendos referente aos lucros da estatal em 2016. O valor é 73% maior que o depositado ano passado sobre o lucro de 2015.

A diferença, no entanto, não é devido a algum aumento nos resultados da estatal. Até porque em comparação a 2015, o lucro líquido da Copel no ano passado caiu 19,6%, indo de R$ 1,2 bilhão para R$ 950 milhões.

O “bolo maior” para os acionistas neste ano deve-se à manobra do Governo do Paraná, que detém a maior parte da companhia, para justamente dobrar o pagamento sobre os lucros de 2016. Contrariando  decisão da diretoria da empresa, que propôs divisão de 25% do lucro para os acionistas e o uso do restante como verba para reinvestimento, o governo aprovou na reunião dos acionistas a mudança da proporção de divisão para 50%.

Com isso, o valor de divisão entre os acionistas passou dos R$ 282 milhões para R$ 506 milhões. Ou seja, como o governo é o principal acionista da Copel,  ficará com a maior parte desse dinheiro. A outra parte do lucro, referente aos juros sobre o capital próprio, já foi pago aos acionistas da estatal em junho deste ano. O valor total foi de R$ 282 milhões.

Na parcela a ser depositada até o final deste mês, os acionistas da Copel receberão R$ 0,7 por cada ação ordinária e R$ 0,8 por ação preferencial de classe “B”. A transação será isenta de tributação, conforme aponta a estatal no Aviso Aos Acionistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × dois =