Diretor da Abin quer sair, mas Olimpíadas não deixam

Dia #8. Maio, 19. A reunião com as deputadas federais às 10 horas foi pela simbologia, já que Temer foi alvo de críticas na internet dada a ausência de mulheres no primeiro escalão do governo interino. Depois, passou a considerá-las para outras funções: BNDES, Secretaria de Direitos Humanos, Ibama… Nada de novo aqui, a não ser outro sinal de como esta gestão é sensível às redes sociais.

A pauta quente do dia foi às 15h30. Desde que Temer tirou a autonomia da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), submetendo-a aos mandos do Gabinete de Segurança Institucional – nas mãos do militar Sérgio Etchegoyen – o rebu foi armado. Wilson Trezza, diretor da Abin, já entregou o cargo em protesto – mas disse que ficará até as Olimpíadas. Reparem na fotografia oficial. Daria para cortar esse ar carregado com uma faca.

Nas redes sociais, procure #oDiaDoTemer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − 9 =