Governo chegou a cogitar redução de 20% dos salários de PSS

O governo paranaense surpreendeu os trabalhadores da educação com lançamento de edital para Processo Seletivo Simplificado (PSS) com redução de 13,35 % nos salários para 2018 em comparação a 2017. Documentos obtidos pelo Livre.jor via Lei de Acesso à Informação (LAI) aponta que o corte seria maior ainda.

Segundo ata da Comissão de Política Salarial (CPS), órgão colegiado vinculado diretamente ao governador, em reunião realizada no dia 31 de outubro, três itens da Secretaria de Educação foram lançados à discussão. Um desses itens era de “análise quanto a possibilidade de atendimento da determinação da COP para a redução de 20% dos salários dos professores e assistentes administrativos contratados por meio do PSS para o ano de 2018”. O item, no entanto, foi retirado da pauta daquela reunião.

Outro item que também foi retirado da reunião foi o pedido de “convalidação da falta de autorização governamental” para a realização de PSS para funções como de professor pedagogo, tradutor, intérprete de sinais, dentre outros.

O terceiro ponto, recusado pelo órgão colegiado, foi pela autorização de abertura de 1,9 mil vagas para o Programa de Desenvolvimento Educacional (PDE) para os anos de 2018 e 2019. O custo estimado era de R$ 101 milhões. Clique aqui e baixe a íntegra da ata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + dezessete =