Pesquisa do governo federal mostra população contra venda da Eletrobras

Parece que não é apenas no Judiciário que o governo federal está sem apoio para levar a venda da Eletrobras adiante. “O(A) sr(a) é a favor ou contra a privatização da Eletrobrás?”, foi uma das perguntas realizadas em setembro passado a 1,2 mil brasileiros em pesquisa encomendada pela gestão Michel Temer. A maioria das respostas foi pela rejeição. Cerca de 52% disseram ser contra a privatização, contra 37% que afirmaram querer a venda da estatal.

Em diferença um pouco menor, o levantamento, feito em amostragem com base em cadastro de números telefônicos disponibilizado pela própria secretaria de comunicação da Presidência da República, apontou que a maioria dos brasileiros não aprovam concessões no setor público. Foram 43% contra as concessões e 41% a favor.

Especificamente sobre a Eletrobras, a maioria dos entrevistados apontaram acreditar que a conta de luz vai aumentar com a venda da estatal. Foram 63% os entrevistados que apontaram que a privatização fará aumentar a conta, contra 22% que disseram acreditar o contrário, ou seja, que a venda da estatal diminuirá a conta de luz.

Contudo, apesar de contra, 47% dos entrevistados disseram acreditar que o fornecimento de energia elétrica melhorará com a venda, contra 37% que afirmaram o contrário Além disso, apresentando certa contradição nas respostas, 49% dos entrevistados indicaram que a empresa seria mais eficiente se passasse a “ser administrada por uma empresa privada”.

Segundo o relatório de pesquisa, realizada pelo Ibope, o levantamento foi via telefone com amostragem de todos os estados. A maioria, exatos 40%, afirmou ter posição política de “centro”,  20% disseram ser de direita e 16% de esquerda. Clique aqui e confira a íntegra da pesquisa, que aborda também a privatização da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × um =