Prefeitura quer gastar até R$ 44 mil em buffet para cerimonial com mignon

A prefeitura de Curitiba está disposta a gastar R$ 44.782,50 em 400 refeições para reuniões e eventos do cerimonial do gabinete do prefeito, do vice-prefeito e do departamento de relações internacionais. Na média, cada refeição custaria ao município pouco mais de R$ 111,00. O valor máximo indicado no edital da prefeitura é para contrato de seis meses.

Pelo edital são dois cardápios, um “mais simples” e outro com mais variedades de alimentos. Do menu mais em conta, que pode chegar ao custo de R$ 105,33 a prefeitura pretende orçar até 250 unidades. Já do cardápio mais completo, com preço de até R$ 123, serão 150 refeições contratadas.

O que tem nos cardápios? No mais completo, a prefeitura exige uma opção de carne, de uma lista de proteínas como contrafilé ao molho de vinho tinto e escalopinho de filé mignon grelhado com molho funghi; uma opção de peixe, dentre filé de salmão com creme de alcaparras e filé de badejo grelhado ao molho belle meuniere; e uma opção de ave, como supremo de frango grelhado com molho roquefort.

Já no menu mais “simples”, as opções são mais restritas, com duas opções de proteínas dentre a lista com medalhão de mignon ao molho madeira, pernil suíno assado com molho de ervas finas, strognoff de carne bovina, filé de pescada ao molho de ervas finas e frango com batatas marinadas.

Além das refeições, a empresa contratada deverá, segundo o edital da prefeitura, fornecer a toalhas de mesa com “cobre manchas em cores a combinar”, bem como “todas as louças a serem utilizadas no serviço de buffet montado”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − quatro =