Vacinação contra gripe no TJ pode custar R$ 542 mil

Em ritmo de feriado, a nova edição do #ComprasDaSemana* será rápida e rasteira, e começa com o edital de uma mini-campanha de vacinação do Tribunal de Justiça. Ao custo máximo de R$ 542.695,00 o pregão eletrônico do TJ é para contratação de empresa para “fornecimento e aplicação de vacinas antigripal na apresentação monodose quadrivalente”.

De acordo com o documento que especifica os materiais e o serviço a serem adquiridos e contratados, serão 6.620 doses da vacina antigripal “em seringa preenchida, montada, uso individual”.

Mas não serão todas contratadas com aplicação. Do total, 3.550 serão doses aplicadas, das quais 3.300 para adultos, 140 para crianças e 110 para aplicação infantil em crianças menores de dois anos. O restante, exatas 3.070 doses, serão entregues ao Centro de Assistência Médica e Social do TJ sem aplicação. O custo máximo unitário é de R$ 110 para as vacinas para adultos e R$ 92,50 para as infantis.

Pelo documento do TJ, a justificativa da aquisição é de que as “vacinas objeto do presente processo serão utilizadas na imunização de magistrados e servidores deste Tribunal e para os alunos do Centro de Educação Infantil Maria José Coutinho Camargo do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, evitando que adoeçam, reduzindo o número de afastamentos decorrentes das complicações causadas pela gripe”.

Em comparação ao consumo apontado pelo TJ em 2014, a aquisição das vacinas neste ano representa um crescimento de 42%. à época, segundo dados do edital, foram 4.485 vacinas, ou seja, 1.885 menos que agora em 2017. A tabela com as indicações do consumo não aponta dados de 2015 e 2016. Confira a íntegra do edital no portal da transparência do TJ

Arquivo deslizante pode custar até R$ 51 mil para a Assembleia – no último dia 10 de abril, a Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) lançou edital no Diário Oficial para “aquisição de um arquivo deslizante”. O preço máximo indicado na divulgação do pregão é de exatos R$ 51.253,76.

A justificativa, de acordo com o documento completo do edital, é que se faz “necessária a ampliação em virtude do aumento de protocolados a serem anexados às pastas funcionais dos servidores da casa”. O edital está dividido em dois módulos, uma para o arquivo e outro para pastas pendulares. O arquivo, com parte fixa e parte deslizante e 60 bases para pastas, tem o custo máximo de R$ 35 mil, e as pastas, duas mil unidades, tem o custo máximo de R$ 15 mil.

Quer comprar boi e vaca? Tem leilão do Iapar – não tem só compra aqui não, mas também venda. Iapar divulga o primeiro leilão do ano para a venda de 150 animais bovinos. A comercialização se dará em Ponta Grossa no próximo dia 29 de abril. Serão 100 bois e 50 vacas.

Quem quiser pode até conferir a “carenagem” dos animais, que “estarão à disposição dos interessados, para vistoria e coleta de dados”.

Dos valores – Para o valor mínimo será considerado: R$4,40 por Kg/animal macho e R$4,10 por Kg/animal fêmea. Será vencedor quem efetuar a melhor oferta ao cair do martelo do leiloeiro. A composição dos lotes será confirmada no dia do leilão.

Agora, alto lá se for para passar cheque sem fundo. O edital é específico em apontar que, no “caso da devolução de cheques por falta de fundos, será cobrado multa de 2% mais mora (1% ao mês) por dia de atraso sobre o montante/restante do pagamento”. A chamada do edital foi publicada no Diário Oficial da Indústria do último dia 10 de abril. Clique aqui para conferir

*Sobre o #ComprasDaSemana – não custa reafirmar que não há aqui qualquer apontamento ou indicação de suspeita de irregularidade nestes gastos, apenas resolvemos agrupar as compras que se destacam nas páginas dos editais públicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + doze =