Após reduzir meio bilhão em investimento, Copel anuncia lucro de R$ 389 milhões

Depois de adiar por quinze dias a divulgação do relatório do terceiro trimestre deste ano, a Copel divulgou nesta quarta-feira (29) resultado de R$ 389 milhões de lucro. O valor representa uma reversão de resultado em comparação ao mesmo período em 2016, quando a estatal apresentou prejuízo de – R$ 78 milhões. Os números, contudo, seriam diferentes caso a Copel não tivesse reduzido em R$ 545 milhões o plano de investimento previsto para este ano.

A redução foi definida em reunião do Conselho de Administração da estatal em setembro passado. Segundo a decisão da estatal à época, o objetivo era “readequar o cronograma físico-financeiro para 2017”, cortando em R$ 14 milhões os investimentos nos setores de telecomunicação, em R$ 90 milhões os recursos em distribuição e em R$ 441 milhões os investimentos no parque eólico em Rio Grande do Norte.

Em junho, a estatal previa investimento de R$ 2,8 bilhões. Com a revisão em setembro, o montante caiu para R$ 2,33 bilhões. No relatório atual o total já realizado é de 76% do montante revisado. Ou seja, foram investidos R$ 1,7 bilhão dos R$ 2,3 bilhões, faltando R$ 564 milhões pra atingir a meta de investimento reduzida em setembro.

Apesar de anunciar o recente resultado positivo entre os meses de julho a setembro, no cumulado do ano, o lucro da empresa é 9,4% menor que o de 2016. Até setembro deste ano a Copel apresentou lucro líquido de R$ 958,0 milhões, conforme aponta o relatório da estatal. Em 2016, o resultado passou de R 1 bilhão.

Estatal pretende vender ações da Sanepar – segunda maior acionista da Sanepar, a Copel divulgou em fato relevante nesta quarta-feira (29) decisão de participar de venda de ações por meio de units (agrupamento de quatro ações preferenciais com uma ordinária) .

No “fato relevante” n.º 12 deste ano, publicado no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Copel divulga aos seus “acionistas e ao mercado em geral que participará, como vendedora, da oferta pública de distribuição secundária de certificados de depósitos de ações”. O total de ações convertidas apontadas para a comercialização é de 6,4 milhões de units pela Copel Holding e pela Copel Comercialização.

Pelo valor estimado pela estatal de energia elétrica, de R$ 50 por cada unit, a comercialização das 6,4 milhões de ações movimentaria mais de R$ 320 milhões. As ações indicadas para venda, no entanto, não são todas as que foram convertidas. A Copel detém 8,8 milhões de units.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + sete =