Casa Civil vai gastar R$ 59 mil em flores e arranjos

Bras’ila - DF , 30/03/2011. Flores em homenagem ao Ex-Vice Presidente JosŽ Alencar no Pal‡cio do Planalto. Foto:Rafael Alencar/PR

Mandem as carpideiras para casa e apaguem as velas! A coluna #ComprasDaSemana não está morta e muito menos o Livre.jor. Como prova disso, segue abaixo mais uma compilação inusitada, despropositada e “divertida” de editais e contratos do poder público. Compra de coroa de flores e rosas importadas e nacionais, reforma da Granja do Canguiri e outras coisas mais. Ressaltamos que não há aqui qualquer apontamento ou indicação de suspeita de irregularidade nestes gastos, apenas resolvemos agrupar as compras pitorescas, que se destacam nas páginas dos editais públicos.

casa_civil

R$ 59 mil em coroa, buquês e arranjos

A Casa Civil acaba de publicar resumo de contrato em que gastará R$ 59 mil com coroas de flores, buquês de rosas importadas, arranjo de orquídeas e outros tipos de plantar ornamentais. O “extrato de adjudicação) “contratação de empresa especializada no fornecimento de flores e arranjos, visando atender as necessidades da CCRI/CASA CIVIL” foi publicado no Diário Oficial da Indústria desta sexta-feira (16). A compra atende ao pregão presencial 154/2016, pelo qual a Casa Civil indicou que poderia pagar até R$ 61.218,67 pelas plantas.

pred

Reforma da Granja do Canguiri

Logo a casa oficial do governador na Estrada da Graciosa, em Pinhais, estará com cara de nova. Isso porque o a Paraná Edificações fechou o contrato para reformar a Granja do Canguiri, na Grande Curitiba, sob o valor de R$ 52.690, para “execução dos serviços de engenharia de reparos”.

O extrato do contrato foi publicado no Diário Oficial da Indústria, e é resultante do edital n.º 361/2016, originalmente publicado com limite de valor de “R$ 63.146,00 (sessenta
e três mil, cento e quarenta e seis reais), sendo 76,80% (setenta e seis vírgula oitenta por cento)
referente aos materiais e 23,20% (vinte e três vírgula vinte por cento) referente à mão de obra”.

O edital prevê, dentre outras ações da obra, a troca de forro e pintura esmalte fosco em madeira com duas demãos na casa da churrasqueira, calha na casa oficial e uma boa reforma na casa da guarda. O prazo da execução é de 90 dias. Fechando no prazo, a entrega fica para antes do feriado natalino.

Copel pretende gastar R$ 277 mil em enxoval de hospedaria

Toalhas, cobertores, edredons e travesseiros. Esses são alguns dos produtos que a estatal de energia elétrica e telecomunicações propõe comprar ao preço máximo de R$ 277 mil com o Aviso de Licitação 160217/2016, publicado no Diário Oficial da Indústria com data da última terça-feira (13).

A aquisição é referente a “material (enxoval) de cama, mesa e banho conforme especificado no item 2, para utilização nas Hospedarias de GNB, GBM e no Centro de Capacitação de Faxinal do Céu (CCFC)”. Pelo edital serão mais de 5.500 produtos entre cobertores, lençóis queen e king size, toalhas de mesa e de mão, toalhas, colchas, edredons e cobertores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − oito =