Governo dá puxão de orelha em funcionários “penetras” e “glutões” nos eventos do Canal da Música

Funcionários e colaboradores da Rádio e Televisão Educativa do Paraná (RTVE) estão, a partir desta sexta-feira (29), proibidos de se “locupletarem” de alimentos durante eventos de terceiros no Canal da Música. Como assim? Oras, encher-se, abarrotar-se, se empanturrarem de comida. É o que aparece em sinônimos em um dicionário online. O “puxão de orelhas” foi publicado no Diário Oficial do Executivo, na seção da Secretaria da Comunicação (Secs).

A portaria, assinada pelo presidente da RTVE, proíbe, expressamente, “que funcionários e colaboradores tenham acesso e se locupletem de alimentos, produtos, brindes ou assemelhados durante os eventos de terceiros”.

Na orientação, o presidente afirma que “cabe demonstração de civilidade” por parte dos funcionários e colaboradores no Canal da Música, espaço de locação para inúmeras festividades e palco de diversos eventos “privados ou institucionais, de responsabilidade de terceiros”.

A portaria restringe ainda a presença dos funcionários e colaboradores nos eventos, exceto quando por “convite do terceiro realizador”. Em não se respeitando a ordem, a coordenadoria de eventos deverá reportar a “conduta indevida”, que pode gerar ainda processo administrativo, caso o infrator seja efetivo ou comissionado, ou demais medidas disciplinadoras quando forem “colaboradores ou terceirizados”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove − 9 =