Governo do Paraná vai usar caminhonetes “emprestadas” pela Renault na agência de notícias

Duas caminhonetes Duster, da Renault, ficarão à disposição da Secretaria de Estado da Comunicação Social até 2016. Os veículos serão cedidos gratuitamente ao Governo do Paraná, graças a um termo de comodato autorizado pelo gerente da área na gestão tucana, Paulino Viapiana.  Aparentemente a única condição é que, ao final desse “empréstimo”, as SUVs sejam devolvidas para a multinacional francesa em boas condições.

O despacho em que Viapiana autoriza o acordo saiu publicado na edição 9.526 do Diário Oficial do Estado, nesta segunda-feira (31). Diz lá expressamente que os veículos, propícios para trilhas off-road, serão utilizados no “transporte de equipes de comunicação que trabalham na cobertura jornalística dos atos, ações e campanhas desenvolvidas pelo governo estadual, para utilização em jornais, rádios, televisões, reportagens e documentários em texto, fotografia, áudio, vídeo e meios eletrônicos”.

Está escrito também que “a cessão deverá ser gratuita, sendo da responsabilidade da secretaria a manutenção dos mesmos”. Mas qual o interesse da empresa ao ceder gratuitamente a um órgão público dois veículos cujo valor de mercado beira R$ 50 mil a unidade? Encaminhamos essa dúvida ao Governo do Paraná via pedido de informação no dia de hoje (protocolo 38832/2015).

Perguntamos quais os termos completos do comodato e requisitamos cópia do documento. Também questionamos a Secretaria de Estado da Administração e Previdência se existem outros comodatos, em termos semelhantes a esse, em vigor no Paraná. Afinal de contas, o comum é justamente o contrário: o Estado ceder, em regime de comodato, imóveis e equipamentos – desde que esses sejam usados em prol do interesse público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × um =