Nomeações: secretaria da educação e IAP estão com nomes definidos

Aos poucos o quadro de secretariado e de direção das empresas e autarquias estaduais vão se formando no atual governo. O novo nome na lista do primeiro escalão de Cida Borghetti (PP) é para a pasta da Secretaria da Educação (SEED). Quem assumo o posto, conforme publicação no Diário Oficial, é a chefe do núcleo de educação de Londrina -cidade base da governadora e da família Barros-, Lúcia Aparecida Cortez Martins. A nomeação vem com a exoneração de Ana Seres Trento Comin do cargo de secretária da SEED.

Outra nomeação é para a presidência do Instituto Ambiental do Paraná. Quem assume o cargo é o atual diretor-geral da Secretaria do Meio Ambiente, Paulino Heitor Mexia. Engenheiro químico, Mexia já chegou a assumir a pasta da secretaria. Nomeado para o instituo, Mexia é acusado de omissão de informação pelo Ministério Público em um caso de corte ilegal de 41 árvores no Bosque 2 – Parque dos Pioneiro-, em Maringá.

Em 2016, em ação penal de crimes contra o meio ambiente, o atual presidente do IAP chegou a ser condenado a pena de reclusão de um ano. Segundo o documento da sentença, “Paulino Heitor Mexia, retardou os dados técnicos indispensáveis à propositura de eventual ação civil pública, e, ao invés de encaminhar os documentos requisitados, sabendo do prazo já vencido e que incumbia a ele a informação, deixou de remeter tempestivamente os dados e informações de que já dispunha (omitindo tudo ao Ministério Público)”.

A última movimentação no processo, segundo atualização no site do Tribunal de Justiça, é o encaminhamento dos autos da ação para “julgamento do recurso da sentença condenatória” ingressada pelo réu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete − dois =