Now Reading
29,5 mil leitores: produzimos muito menos em 2020, mas vocês seguiram firmes

29,5 mil leitores: produzimos muito menos em 2020, mas vocês seguiram firmes

E por manterem a audiência da Livre.jor lá em cima em 2020, as moscas desta nossa agência de notícias terminam o ano demonstrando gratidão. Muito obrigado!, que no ano novo vamos atrás de compensar o carinho de vocês com mais trabalho. Apesar da produção própria da Livre.jor ter caído pela metade, de 113 para apenas 56 notícias, a audiência do site não oscilou, batendo 29,5 mil leitores no ano da pandemia do novo coronavírus.

Eita, ano complicado, viu? Nem a gente, míseros insetos, fomos poupados da insanidade de 2020. Tragédias pessoais à parte, a gente só zumbiu quando viu motivo e isto está refletido nas notícias mais lidas no site da Livre.jor. No topo, o alerta feito sobre os 96 paranaenses listados no dossiê antifascista que circulou pela internet brasileira em abril de 2020. Mas teve covid-19, finanças públicas e outras denúncias > https://livre.jor.br/dossie-antifascista-e-as-noticias-mais-lidas-de-2020-na-livre-jor/

Com isso, em 2020 não descemos nenhum degrau em termos de relevância, mantendo o patamar conquistado ano passado, quando a Livre.jor chegou aos 30 mil leitores. Antes, a média era 25 mil. Mas em termos de conteúdo, foi ladeira abaixo. E nem temos a desculpa de 2019, quando além das 113 notícias próprias, publicamos outras 100 em veículos parceiros. Neste ano, teve a contribuição da Livre.jor para a Elástica e para o Observatório Justiça e Conservação. Apenas duas, mas bem importantes. Bateu a curiosidade? Clica aí e descobre.

No ano da popularização da VPN, cuja tecnologia camufla a origem do tráfego na internet, mantivemos o interesse dos paranaenses na casa dos 34,5% – ligeiramente abaixo de 2019, quando foi de 36%. Em 17% dos acessos, a pessoa interessada veio direto para o site da Livre.jor; em 8,9%, caiu aqui via rede social. Mas o maior quinhão, 72,8%, segue sendo tráfego oriundo de mecanismos de busca.

Anunciantes?
Para provar que 2020 foi estranho, neste ano, pela primeira vez, uma agência de publicidade entrou em contato para sondar a veiculação de propaganda no site. Daí que correndo até fizemos um Kit de Mídia, para eventuais interessados. Não virou, seguimos virgens neste quesito. Quem sabe em 2021?

Foi um sucesso!
A segunda edição do Prêmio Livre.jor de Jornalismo-Mosca foi um sucesso, com 45 inscritos nas categorias Profissional e Universitário. Foi tão boa que fizemos nossa primeira vaquinha virtual, que arrecadou R$ 900, distribuídos aos vencedores. Quem ganhou? Confere aqui > https://livre.jor.br/a-mao-invisivel-das-milicias-e-solteiragate-sao-os-grandes-vencedores-do-2o-premio-de-jornalismo-mosca/

Desde 2014 ricocheteando no pavilhão auditivo dos poderosos.

Scroll To Top