Now Reading
Prazo para inscrições no Prêmio Livre.jor de Jornalismo termina dia 20

Prazo para inscrições no Prêmio Livre.jor de Jornalismo termina dia 20

Jornalistas e estudantes têm até 20 de outubro para inscrever suas reportagens no 2º Prêmio Livre.jor de Jornalismo-Mosca. Podem concorrer notícias alicerçadas no uso de dados públicos, de documentos oficiais e da Lei de Acesso à Informação, conforme estipula o regulamento da competição.  “O objetivo é propagar a cultura da transparência pública, emparedando as autoridades, que é o espírito da agência Livre.jor de jornalismo”, explica José Lázaro Jr., um dos organizadores, ao lado de Alexsandro Ribeiro, João Frey e Rafael Moro Martins.

Haverá prêmio em dinheiro na categoria principal, mas o valor só será conhecido no dia da premiação. É que foi aberta uma campanha de crowdfunding para receber contribuições, que termina na véspera do anúncio dos vencedores, dia 25 de outubro. Hoje, há uma semana do fim das inscrições, o valor já é de R$ 600, e pode subir até a data da premiação. “Se você não é jornalista, mas quer manifestar seu apoio àqueles que peitam os poderosos, com seriedade e ética profissional, mas sem perder a petulância, contribuir com a vaquinha do prêmio, a partir de R$ 1, é uma oportunidade”, justifica Ribeiro. Todos vencedores receberão certificados.

Em 2019, no ano de estreia do Prêmio de Jornalismo-Mosca, foram inscritos 28 trabalhos. Dos 15 inscritos na categoria Profissional, o trabalho vencedor foi a reportagem “Os laços familiares do clã Bolsonaro”, publicada pelo O Globo. Nela, os jornalistas esmiuçaram quem foram os assessores parlamentares do pai e dos filhos, de 1991 em diante, e acharam 102 pessoas com parentesco entre si. Na categoria Universitária, venceram estudantes da Unisinos, com a reportagem “Cerca de 70 % dos menores abrigados não podem ser adotados”. 

Criada há cinco anos, a agência Livre.jor é especializada em produzir notícias a partir de dados públicos “de qualquer natureza”, como gostam de dizer os jornalistas “Parece difícil de definir, mas é simples: toda notícia bem apurada que seja capaz de irritar pessoas em posição de poder é jornalismo-mosca”, explica João Frey. “A primeira edição do Prêmio de Jornalismo-Mosca foi bem recepcionada pelos profissionais, que entenderam o espírito da competição”, completa Rafael Martins.

See Also


O formulário online para a inscrição está disponível desde 28 de setembro, Dia Internacional do Acesso Universal à Informação, e ficará aberta até 20 de outubro. Nos três dias seguintes serão selecionados os cinco finalistas de cada categoria, com os vencedores sendo divulgados pelas redes sociais da agência Livre.jor no dia 25 de outubro – em alusão ao assassinato do jornalista Vladimir Herzog pela ditadura militar brasileira, nesta data, em 1975.

View Comments (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

4 × 3 =